concertos

Celebram-se os poetas e os cantautores que se expressam nas diferentes variedades do português.

*O valor dos bilhetes reverte integralmente para a Fundação GDA - Gestão dos Direitos dos Artistas.

No princípio era o verso

07-05-2022 | 21:00

Teatro São Luiz – Sala Luís Miguel Cintra

Com MYNDA’GUEVARA, MAZARIN, GIJOE, TNT, TRISTANY, EU.CLIDES, SILLY e SELMA UAMUSSE.

Na segunda edição, No Princípio Era o Verso prossegue na sua missão de espelhar a riqueza e diversidade da presente geração que não abdica do uso da palavra para comunicar as suas ideias, mensagens, dúvidas e sentimentos.
Selma Uamusse, Mynda Guevara e Silly, cada uma à sua maneira, assumindo origens e reclamando futuros, dão voz a um novo sentir, trazendo África e mundo para dentro das suas músicas, abraçando as traduções e o hip hop, o pulsar do continente que se estende ao sul e a modernidade que daí também emana. E depois, TNT, EU.CLIDES e Tristany pegam nas diferentes nuances das rimas, uns de uma escola mais “velha”, vinda de uma margem a sul, outros de escolas mais “novas”, vindas das novas Lisboas ou das já batidas periferias, para também comunicarem o que significa transformar esta língua que nos une a todos para comunicar, neste tempo e com esta gente.
E atrás deles e delas há ouro: Rafael Correia, dj e produtor de méritos reconhecidos, veterano algarvio ligado à Kimahera, dirige uma “orquestra” de quatro elementos – os Mazarin, valor seguro do nosso novo jazznãojazz: João Spencer no baixo, João Romão na bateria, Léo Vrillaud nos teclados e Vicente Booth na guitarra. Músicos com visão alma e tarimba, vozes com eco, garganta e mensagem.
Combinação que se deseja perfeita, imaginada por Rui Miguel Abreu, agitador, comunicador e ativista com presença de pensamento regular nos media (BLitz, Expresso, Antena 3, rimasebatidas.pt).
No Príncipio Era o Verso. E agora escreve-se uma nova página.


Preço 5€
Receita reverte para a GDA – Gestão dos Direitos dos Artistas

Bilheteira do Teatro São Luiz


Este concerto será antecedido de uma breve atuação do Coro Infanto-juvenil da Universidade de Lisboa.