Mundos, Povos e Línguas

Debate online

Convidados

©Luciana Moreira

Doris Wieser Biografia

Doris Wieser é Professora Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, responsável pela área das Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e membro do Centro de Literatura Portuguesa da mesma instituição. É doutora em Literaturas Ibero-Românicas pela Universidade de Göttingen (Alemanha). As suas principais áreas de trabalho são: literaturas africanas de língua portuguesa, literaturas latino-americanas, identidades nacionais, o romance policial e estudos de género.

Doris Wieser é Professora Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, responsável pela área das Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e membro do Centro de Literatura Portuguesa da mesma instituição. É doutora em Literaturas Ibero-Românicas pela Universidade de Göttingen (Alemanha). As suas principais áreas de trabalho são: literaturas africanas de língua portuguesa, literaturas latino-americanas, identidades nacionais, o romance policial e estudos de género.

Inocência Mata Biografia

Inocência Mata é doutora em Letras (Universidade de Lisboa), e pós-doutorada em Estudos Pós-coloniais (Universidade de Califórnia, Berkeley). Professora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa na Área de Literaturas, Artes e Culturas e membro do Centro de Estudos Comparatistas, foi recentemente professora visitante na Universidade de Macau, onde foi deputy head do Departamento de Português e diretora do Centro de Estudos Luso-Asiáticos. Tem colaboração dispersa em jornais e revistas de especialidade e é autora de livros de ensaios na área de literaturas em português e estudos culturais e pós-coloniais.

Inocência Mata é doutora em Letras (Universidade de Lisboa), e pós-doutorada em Estudos Pós-coloniais (Universidade de Califórnia, Berkeley). Professora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa na Área de Literaturas, Artes e Culturas e membro do Centro de Estudos Comparatistas, foi recentemente professora visitante na Universidade de Macau, onde foi deputy head do Departamento de Português e diretora do Centro de Estudos Luso-Asiáticos. Tem colaboração dispersa em jornais e revistas de especialidade e é autora de livros de ensaios na área de literaturas em português e estudos culturais e pós-coloniais.

©DR

©Fabrice Schurmans

Fabrice Schurmans Biografia

Fabrice Schurmans (Liège) é doutorado pela Universidade de Coimbra e investigador no Centro de Estudos Sociais. As suas publicações incidem sobre literaturas pós-coloniais numa perspetiva comparada e interdisciplinar e questões teóricas pós-coloniais (tradução, fronteira, identidade). Publicou dois livros, bem como artigos, capítulos, entradas de dicionários e recensões. Tem dezenas de contos e novelas publicados em revistas e coletâneas na Bélgica, no Canadá, no Haiti, em França e na Suíça.

Fabrice Schurmans (Liège) é doutorado pela Universidade de Coimbra e investigador no Centro de Estudos Sociais. As suas publicações incidem sobre literaturas pós-coloniais numa perspetiva comparada e interdisciplinar e questões teóricas pós-coloniais (tradução, fronteira, identidade). Publicou dois livros, bem como artigos, capítulos, entradas de dicionários e recensões. Tem dezenas de contos e novelas publicados em revistas e coletâneas na Bélgica, no Canadá, no Haiti, em França e na Suíça.

José del Valle Biografia

José del Valle é professor no Graduate Center da City University of New York. Integra o Programa de Doutoramento em Linguística e o Programa de Doutoramento em Cultura Latino-americana, Ibérica e Latina, do qual foi diretor entre 2011 e 2017. É autor/editor de, entre outros, The Battle Over Spanish 1800 and 2000: Language Ideologies and Hispanic Intellectuals (Routledge, 2002) e A Political History of Spanish: The Making of a Language (Cambridge UP, 2013). Em 2010 recebeu o Prémio Friedrich Wilhelm Bessel da Fundação Alexander von Humboldt.

José del Valle é professor no Graduate Center da City University of New York. Integra o Programa de Doutoramento em Linguística e o Programa de Doutoramento em Cultura Latino-americana, Ibérica e Latina, do qual foi diretor entre 2011 e 2017. É autor/editor de, entre outros, The Battle Over Spanish 1800 and 2000: Language Ideologies and Hispanic Intellectuals (Routledge, 2002) e A Political History of Spanish: The Making of a Language (Cambridge UP, 2013). Em 2010 recebeu o Prémio Friedrich Wilhelm Bessel da Fundação Alexander von Humboldt.

©José del Valle

©DR

Suresh Canagarajah Biografia

Suresh Canagarajah é titular da cátedra Edwin Erle Sparks de Inglês, Linguística Aplicada e Estudos Asiáticos na Universidade do Estado da Pensilvânia. Nasceu no Sri Lanka setentrional de expressão tâmil e foi professor na Universidade de Jaffna, Sri Lanka. Foi também editor do TESOL Quarterly e Presidente da Associação Americana de Linguística Aplicada. Atualmente, também exerce funções na Comissão de Aconselhamento do Governador da Pensilvânia para os assuntos de State Law Enforcement.

Suresh Canagarajah é titular da cátedra Edwin Erle Sparks de Inglês, Linguística Aplicada e Estudos Asiáticos na Universidade do Estado da Pensilvânia. Nasceu no Sri Lanka setentrional de expressão tâmil e foi professor na Universidade de Jaffna, Sri Lanka. Foi também editor do TESOL Quarterly e Presidente da Associação Americana de Linguística Aplicada. Atualmente, também exerce funções na Comissão de Aconselhamento do Governador da Pensilvânia para os assuntos de State Law Enforcement.

Font Resize
Contrast