858 Pages plus au sud

Cinema e Leitura
imagem-agenda-post

Duração | 00:59

Clara Rowland Biografia

Clara Rowland é, desde outubro de 2016, Professora Associada no Departamento de Estudos Portugueses da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Entre 2003 e 2016 foi docente da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde dirigiu o Mestrado e o Programa Internacional de Doutoramento FCT em Estudos Comparatistas e foi responsável pela criação e primeira direção do Mestrado em Estudos Brasileiros (FL-UL e ICS-UL). É investigadora do Instituto de Estudos de Literatura e Tradição da NOVA FCSH. Desenvolve o seu trabalho nas áreas da Literatura Brasileira, da Literatura Comparada e dos Estudos Interartes. Entre 2012 e 2016 foi coordenadora do projeto FCT Falso Movimento — Estudos Sobre Escrita e Cinema ...

Clara Rowland é, desde outubro de 2016, Professora Associada no Departamento de Estudos Portugueses da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Entre 2003 e 2016 foi docente da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde dirigiu o Mestrado e o Programa Internacional de Doutoramento FCT em Estudos Comparatistas e foi responsável pela criação e primeira direção do Mestrado em Estudos Brasileiros (FL-UL e ICS-UL). É investigadora do Instituto de Estudos de Literatura e Tradição da NOVA FCSH. Desenvolve o seu trabalho nas áreas da Literatura Brasileira, da Literatura Comparada e dos Estudos Interartes. Entre 2012 e 2016 foi coordenadora do projeto FCT Falso Movimento — Estudos Sobre Escrita e Cinema , no âmbito do qual editou, com José Bértolo, A Escrita do Cinema: Ensaios (Documenta, 2015), e, com Tom Conley, Falso Movimento: Ensaios Sobre Escrita e Cinema (Cotovia, 2016). As suas publicações na área dos Estudos Brasileiros incluem ensaios sobre Guimarães Rosa, Manuel Bandeira, Clarice Lispector, Bernardo Carvalho e Carlos Drummond de Andrade, entre outros. O seu livro A Forma do Meio. Livro e Narração na Obra de João Guimarães Rosa foi publicado em 2011 pela editora da Unicamp (Brasil).